Comportamento 28/09/2017 13:30

Veja como usar a tecnologia para registrar as suas férias

Por Dinarte Assunção

Lars Leetaru/Folha de S. Paulo

Tirar fotos com a câmera do celular é pouco –existem maneiras muito mais criativas de usar a tecnologia em viagens, diz Dennis Crowley, cofundador e presidente do conselho da Foursquare, empresa criadora de dois aplicativos de localização que mobilizam 50 milhões de usuários ao mês.

“Entre os diversos aplicativos e plataformas de mídia social, você pode preservar as experiências de suas viagens de muito mais maneiras do que simplesmente por fotos”, diz. A seguir, Crowley dá dicas de como usar a tecnologia para registrar as férias.

Crie uma playlist
Você já teve vontade de saber o nome da canção que tocou durante o jantar na última noite de sua visita à Nova Inglaterra? Da próxima vez que for a outro lugar, recomenda Crowley, use um aplicativo de música como Shazam ou Spotify para identificar as canções ouvidas durante o período fora de casa. Crowley, por exemplo, tem playlists de mais de uma dúzia de viagens, entre as quais uma lista de canções de bar favoritas de uma viagem que fez ao Brasil em 2014. “Uma playlist ajuda a capturar os sons de um lugar, e cada vez que você ouvi-los reviverá a viagem”, diz.

Permita que seus serviços de fotos acessem sua localização
Diversos serviços de fotos, como o Google Photos, permitem que você organize suas imagens por local. Dessa forma, você sempre se lembrará de onde estava e de quando tirou a foto –se você fez várias paradas, por exemplo, sistemas como esses organizarão suas fotos por cidade. “É fácil que uma viagem de férias se torne um grande borrão, e organizar suas fotos por localização é uma forma de capturar os trechos individuais da jornada”, afirma.

Registre suas paradas
Um amigo vai a Tóquio e quer suas recomendações com base na visita recente que você fez à cidade, mas você tem dificuldades para se lembrar de nomes. É um problema que muitos viajantes enfrentam, mas você pode ter suas melhores dicas de prontidão usando um aplicativo como o Foursquare ou o Swarm, que combinam registros e localização, ou um aplicativo de anotações, no qual você pode escrever sobre os lugares que está visitando. Ferramentas como essas são uma forma de registrar todos os lugares a que você foi, e o Swarm os marca em um mapa compartilhável –você pode escolher com quem divide sua localização ou manter suas visitas completamente em segredo.

Escolha uma só plataforma de mídia social
Seja Instagram, Snapchat ou Facebook, é melhor usar só uma plataforma de mídia social, opina Crowley. “Afinal, você deve dedicar a maior parte do seu tempo a curtir a viagem, em vez de perder a atenção porque está criando conteúdo –que em algumas plataformas desaparece em apenas 24 horas.”

Peça ajuda
Sempre que viaja, Crowley usa o Twitter para pedir ideias a amigos, colegas e ao público em geral sobre tópicos relacionados à viagem: pergunte seus aplicativos favoritos de corrida ou se se experimentaram o programa de bicicletas compartilhadas no lugar que vai visitar. “Quando olho minha timeline e leio as respostas, isso me leva de volta àquela viagem”, conta.

Folha de S. Paulo

Dinarte Assunção

Biografia Dinarte Assunção é jornalista formado pela UFRN. Atuou em redações como repórter de cotidiano, economia e política. Foi comentarista político da TV Ponta Negra. Atualmente é reporter do Portal No Ar e compõe a equipe do Meio Dia RN, na 98 FM. É autor do livro Sobre Viver - Como Venci a Depressão e as Drogas. Nas horas vagas, assa panquecas.

Descrição Ponto ID é um blog para noticiar o que importa. E nada mais.