Notícias com a categoria "cultura"

19/09/2017 11:33

Confirmadas as atrações para a Festa do Boi 2017

Estão confirmadas as atrações para a Festa do Boi 2017. Dia 13 de outubro o Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, será palco da 55ª edição do evento, uma das maiores festas populares da região Nordeste. Bell Marques, Aviões e Wallas Arrais são os escalados para animar a programação a arena de shows deste ano.

Os ingressos já começam a serem vendidos nesta quarta-feira, dia 20 de setembro, nas lojas Schalk do Natal Shopping, Midway Mall e Parnamirim. Consolidada não apenas como uma feira de negócios e leilões de gados, mas também como um evento para toda a família com atrações culturais e gastronômicas, a Festa do Boi já faz parte do calendário do Rio Grande do Norte.

O cantor Bell Marques, que esgotou em apenas 48 horas os abadás de sábado do bloco Vumbora para o Carnatal, promete um super show pra não deixar ninguém parado, com um repertório de grandes sucessos. O baiano se reinventa a cada apresentação e vai mostrar no palco porque arrasta multidões por onde passa.

Com músicas inéditas e a tradicional reciclagem de hits próprios e alheios, o grupo cearense Aviões que está completando 15 anos com uma nova fase, também vai comandar a festa e promete um show diferente: o grupo tirou o ‘forró’ do nome e está chegando com uma nova proposta para o público.

Dono de uma energia surpreendente e de um grande talento, Wallas Arrais é um nome forte e que está em destaque no forró eletrônico em 2017! Com novo projeto e seguindo a carreira solo, Wallas Arrais que está sendo a nova sensação pelo Nordeste afora completa o time de atrações da festa.

Serviço:
Festa do Boi 2017
Dia: 13 de outubro (sexta)
Local: Parque Aristófanes Fernandes (Parnamirim/RN)
Atrações: Bell Marques, Aviões e Wallas Arrais
Vendas: lojas Schalk do Natal Shopping, Midway Mall e Parnamirim.

15/09/2017 10:52

‘Nossa homenagem é constante’, diz viúva de Domingos Montagner, morto há um ano

A família e amigos do ator Domingos Montagner, que morreu em um acidente no Rio São Francisco, em Sergipe, há um ano, relembram diariamente a perda do artista e não pretendem fazer um ato pontual em homenagem à memória do artista nesta sexta-feira (15). No entanto, o grupo LaMínima, fundado por Montagner, vai fazer suas sessões da peça “À La Carte”, no teatro Sesc 24 de Maio, no Centro de São Paulo.

“A nossa homenagem é constante, diária, mas o momento simbólico não vai ter. Não haverá nada com esse foco, desse jeito, pontual”, disse ao G1Luciana Lima, atriz, produtora da companhia teatral e viúva de Montagner.

Montagner morreu na tarde do dia 15 de setembro de 2016 após desaparecer nas águas do Rio São Francisco, onde foi arrastado pela correnteza. O ator tinha 54 anos e interpretava Santo em “Velho Chico”, novela da TV Globo.

Ele havia gravado cenas da novela na parte da manhã. Após o término da gravação, almoçou e, em seguida, foi tomar um banho de rio, acompanhado da atriz Camila Pitanga. Durante o mergulho, não voltou à superfície. Camila avisou a produção, que iniciou imediatamente a procura pelo ator. Ele foi encontrado no fundo do rio preso a algumas pedras.

O corpo de Domingos Montagner foi seputado em São Paulo no dia 17 de setembro.

20 anos de grupo

De março a julho deste ano, um projeto chamado LaMínima 20 anos, que foi idealizado por Montagner e pelo parceiro Fernando Sampaio, em 2016, foi levado ao público no Teatro Sesi, em São Paulo. O projeto apresentou o espetáculo Pagliacci, uma exposição e uma circulação de peças do repertório do grupo.

Luciana disse que a sequência de apresentações foi a forma, de certa forma involuntária, de homenagear o marido e ator. “Nunca pensei em desistir da comemoração dos 20 anos do grupo. Não foi uma escolha racional [prosseguir], porque é uma forma de termos, continuamente, a ‘presença’ do Domingos, ponderando a todo momento de como ele agiria nas situações, das grandes decisões até aos mínimos detalhes.”

Para ela, o projeto “é mais que uma homenagem, é a constatação da evolução da linguagem da companhia, a sua relação com a arte e sua fidelidade aos princípios que a norteia desde sempre”, disse Luciana.

Toda a concepção do LaMínima 20 anos teve participação efetiva de Montagner, desde a escolha de criação e elenco. “Tivemos duas reuniões com todos sobre como seria essa nova montagem, quais caminhos cênicos seriam possíveis, inclusive desenhos foram feitos por Domingo. Ele costumava traduzir em ilustrações todas suas ideias, de cenas a figurinos e cenários.”

Luciana lembra que Montagner costumava falar sobre o caminho percorrido pela companhia, mesmo sem saber qual seria o fim do percurso. “Queremos comemorar [essa história], apresentando espetáculos que percorreram muita estrada, realizando uma exposição com fotos, figurinos, objetos que andaram conosco e estrear Pagliacci, um novo companheiro para nos ajudar a construir mais um trecho deste caminho, que ainda não sabemos onde é o fim.”

G1

13/09/2017 10:44

Rouge anuncia retorno para show com formação original

Se você é uma daquelas pessoas que não consegue ficar parado ou quieto quando começa a ouvir o ‘ritmo ragatanga’, está prestes a receber uma das melhores notícias do ano até agora: o grupo Rouge fará um novo show com sua formação original!

Aline Wirley, Fantine Thó, Karin Hills e Lissah Martins não estavam juntas desde o fim do ano de 2005, enquanto Luciana Andrade havia se separado algum tempo antes.

Elas ficaram conhecidas no começo da década passada, quando foram escolhidas vencedoras do programa Popstars, do SBT, e fizeram muito sucesso com músicas como Ragatanga, uma versão de Aserejé, do grupo Las Ketchup, e Brilha La Luna.

O retorno foi publicado pelas próprias artistas em suas redes sociais, e deve ocorrer no Rio de Janeiro, no dia 13 de outubro. Confira abaixo!

Emais, Estadão

12/09/2017 14:50

‘As Meninas Superpoderosas’ terá nova personagem

Lindinha, Florzinha e Docinho, de As Meninas Superpoderosas, vão ganhar uma nova companheira. De acordo com o Entertainment Weekly, o primeiro episódio com a nova integrante vai ao ar no próximo domingo, 17, no Cartoon Network dos Estados Unidos.

A história será um especial de cinco episódios, que terá como título As Meninas Superpoderosas: O Poder de Quatro (em tradução livre). O canal divulgou apenas a silhueta da nova personagem.

Fãs do desenho especulam que a personagem será negra, mas, até agora, o Cartoon Network não confirmou. A dubladora da nova integrante já foi confirmada: Toya Delazi. A informação foi divulgada por ela mesma, no Twitter. “E assim, de repente, eu virei uma Menina Superpoderosa. Muito amor pelo Cartoon Network por confiar em mim para esse trabalho épico!”, tuitou.

Emais

12/09/2017 08:18

Filme sobre a Lava Jato tem maior bilheteria de estreia nacional no ano

O filme “Polícia Federal – A Lei É para Todos”, obra de Marcelo Antunez inspirada na Operação Lava Jato, teve sua estreia marcada como a maior abertura do ano de um filme nacional.

O longa atingiu 470 mil ingressos vendidos nos quatro primeiros dias de exibição – incluindo a pré-estreia, na quarta-feira (6), em 432 salas espalhadas pelo país.

O filme está em cartaz com 737 cópias e acumulou renda de R$ 7.470 milhões entre os dias 7 e 10 de setembro, segundo o portal de análise cinematográfica Filme B.

Atualmente, o líder nacional de público, com 1,1 milhão de ingressos vendidos, é “Detetives do Prédio Azul: O Filme”. O longa de André Pellenz foi visto por 67 mil pessoas no primeiro dia de exibição. O lançamento contou com 516 cópias.

Folha de S. Paulo

11/09/2017 10:31

‘It – A Coisa’ tem estreia arrasadora nas bilheterias americanas

O filme de terror “It – A Coisa” deixou a concorrência literalmente assustada com sua bilheteria em seu fim de semana de estreia. Enquanto o longa de Andy Muschietti faturou US$ 117,1 milhões, todos os outros filmes do top 10 somaram, juntos, cerca de US$ 30,5 milhões.

Inspirado em obra de Stephen King, o longa marcou o começo dos lançamentos de outono nos Estados Unidos e deu uma animada nos produtores depois do pior verão dos últimos anos.

“It” detonou o recorde de melhor estreia da estação, que antes pertencia a “Gravidade” (2013), com US$ 55,7 milhões, menos da metade do que foi arrecadado pelo atual recordista. O filme também alcançou outra marca relevante: tornou-se a segunda melhor abertura de um filme com censura “rated”, a maior classificação etária dos Estados Unidos —o primeiro colocado ainda é “Deadpool”, com US$ 132,4 milhões.

Nova comédia dramática de Reese Whitherspoon, “De Volta para Casa” ficou em segundo lugar no fim de semana, com US$ 9 milhões, menos de 10% do valor do líder.

Folha de S. Paulo

05/09/2017 08:30

Morre no Rio de Janeiro a atriz Rogéria

A atriz Rogéria, de 74 anos, morreu na noite de hoje (4) após ser internada em um hospital na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, com infecção urinária.

Rogéria havia sido internada no dia 13 de julho em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Clínica Pinheiro Machado, com quadro de infecção urinária, e entubada na tarde do dia seguinte ao ser constatada uma pneumonia e tinha apresentado melhora, chegando a receber alta.

Nascida Astolfo Barroso Pinto, Rogéria era a mais antiga transformista em atividade no Brasil. Ao lado de travestis pioneiras do país, como Jane di Castro, Divina Valéria, Camille K, Fujika de Halliday, Eloína dos Leopardos, Brigitte de Búzios e Marquesa, esta morta em 2015, Rogéria foi homenageada pela atriz e diretora Leandra Leal no documentário Divinas Divas, premiado no Festival do Rio do ano passado. As atrizes se apresentavam no Teatro Rival, na Cinelândia (centro da cidade), que pertence à família de Leandra Leal há várias gerações.

Rogéria (Astolfo Pinto) nasceu em em 1943 em Cantagalo, no norte fluminense. Ainda na adolescência, homossexual assumido, Astolfo virou transformista e começou a trabalhar como maquiadora, ainda com o nome masculino, na extinta TV Rio. Frequentava o auditório da Rádio Nacional. O nome Rogéria surgiu em 1964, quando venceu um concurso de fantasias no carnaval daquele ano.

Convivendo com atores na TV Rio, se sentiu estimulada a interpretar e estreou nos palcos em maio de 1964, em um show de travestis na Galeria Alaska, então reduto gay de Copacabana. Ela atuou em dezenas de shows, peças teatrais e programas de televisão, muitas vezes como jurada nos programas de Chacrinha, Luciano Huck e outros apresentadores, e participou de 11 filmes brasileiros. Ela também atuou em novelas como Tieta (1989), Paraíso Tropical (2007) e A Força do Querer (2017), sua última participação na TV e, no teatro, recebeu o Troféu Mambembe em 1979 pelo espetáculo que fez ao lado de Grande Otelo.

Em 2016, foi lançada sua biografia, Rogéria – uma Mulher e Mais um Pouco, de autoria de Márcio Paschoal.

02/09/2017 11:26

Livro para meninos diz que seios servem para tornar meninas ‘atraentes’

A editora Usborne teve que se desculpar, na Inglaterra, pelo livro Growing Up For Boys, publicado em 2013 e que só agora gerou polêmica. A obra de Alex Frith, um guia sobre a puberdade para meninos, diz que os seios servem para que as meninas pareçam “mais crescidas e atraentes”. A editora disse que vai revisar o conteúdo e alternar a edição quando fizer uma nova tiragem.

Simon Ragoonanan, autor do blog Man vs Pink, foi quem chamou a atenção para o conteúdo em seu perfil do Twitter. Ele reproduziu a página do livro que começa com a pergunta: ‘Para que servem os seios?’. A resposta lida na sequência: “As garotas têm seios por duas razões: Uma delas é para produzir leite para bebês. A outra é para fazer com que a menina pareça crescida e atraente. Praticamente todos os peitos, não importa o tamanho que eles alcancem quando a menina sai da puberdade, podem fazer as duas coisas”.

Segundo o Guardian, esta não é a primeira vez que a editora se vê no meio de uma polêmica como esta. Após uma campanha liderada por um grupo de pais há três anos, a Let Books Be Books, a Usborne anunciou que deixaria de publicar “livros para meninos” e “livros para meninas”.
Estadão

29/08/2017 10:53

O Rappa se despede de Natal em show na Arena do Imirá

A banda O Rappa faz no dia 15 de setembro, em Natal, aquele que pode ser seu último show para os potiguares antes de o grupo fazer uma nova parada na carreira. Marcelo Falcão, Marcelo Lobato, Lauro Farias e Xandão Meneses se apresentam na Arena do Imirá, na reta final da turnê “Acústico Oficina Francisco Brennand”.

O show tem um atrativo a mais com o tom de despedida. O quarteto anunciou a parada “sem previsão de volta” no início de maio. Antes de mais uma pausa, eles já haviam parado entre 2009 e 2011, os músicos concluem a agenda programada para ser encerrada em fevereiro de 2018.

A mistura de rock, rap e reggae que celebrizou O Rappa ganhou, em 2016, uma versão eletroacústica no CD e DVD intitulados ‘Acústico Oficina Francisco Brennand’. É o resultado deste trabalho registrado na galeria homônima [espaço instalado nas ruínas de uma velha fábrica da família de Francisco Brennand que serve como ateliê, moradia e galeria de exposição para as obras do artista plástico pernambucano], no Recife, que a banda trará para Natal.

O show deve contemplar as 17 músicas exploradas no álbum, além de hits da carreira da banda. Falcão e companhia ainda entoam quatro faixas inéditas. Entre as releituras, sobressai o repertório de seus mais recentes discos, “7 vezes” (2008) e “Nunca tem fim” (2013). E aquelas que não podem faltar no show do Rappa: “Rodo cotidiano”, “Pescador de ilusões” e “Minha alma”. Os portões serão abertos às 22h.

A festa terá também os shows das bandas DuSouto e Apollo 11. Os ingressos estão à venda na Oticalli do Midway Mall e no site www.bilheteriavirtual.com.br.

Serviço:
O Rappa em Natal
Atrações: O Rappa, DuSouto e Apollo 11
Dia: 15 de setembro (sexta-feira)
Loca: Arena do Imirá, Via Costeira
Vendas: Oticalli do Midway Mall
Vendas online: www.bilheteriavirtual.com.br

28/08/2017 11:11

Pabllo Vittar tem canal do YouTube hackeado

A hashtag #TodosComPabloVittar chegou ao topo dos assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda-feira, 28, depois que o canal da cantora drag queen foi invadido por hackers.

Vídeos, que contavam com centenas de milhões de visualizações, foram removidos e conteúdo ofensivo foi postado pelos hackers.

O ataque foi atribuído ao grupo @Sh4dowNetwork, que negou a autoria em sua página no Twitter. “Amanhã nois caça quem foi que fez essa porra e botou no meu nome” (sic), escreveu o grupo. Horas depois, eles divulgaram dados de quem seria o autor da invasão.

Os canais oficiais da cantora ainda não se manifestaram sobre o fato.

Veja algumas das principais reações no Twitter:

Estadão

Dinarte Assunção

Biografia Dinarte Assunção é jornalista formado pela UFRN. Atuou em redações como repórter de cotidiano, economia e política. Foi comentarista político da TV Ponta Negra. Atualmente é reporter do Portal No Ar e compõe a equipe do Meio Dia RN, na 98 FM. É autor do livro Sobre Viver - Como Venci a Depressão e as Drogas. Nas horas vagas, assa panquecas.

Descrição Ponto ID é um blog para noticiar o que importa. E nada mais.